Skip to content Skip to main navigation Skip to footer

Apreciação da Unidade Curricular

Última atualização: 12/05/2022

A apreciação da Unidade Curricular é integrada no “RUC – Relatório da Unidade Curricular” e no “RAC – Relatório de Autoavaliação do Curso“.

A apreciação da UC encontra-se dividida nas seguintes secções:

  • Satisfação
  • Grau de concretização
  • Pontos fortes e fracos
  • Acções de melhoria a implementar
  • Apreciação dos estudantes

A inserção da apreciação da UC no sistema Fénix é efectuada pelo coordenador da UC tendo em conta a opinião da equipa docente da UC.

A página de visualização e gestão da apreciação da unidade curricular encontra-se no portal “Docência“, no menu lateral esquerdo da área de cada unidade curricular.

Para aceder a página de apreciação de uma UC, seguir os seguintes passos:


  1. Aceder à plataforma de gestão académica do Iscte em https://fenix.iscte-iul.pt
  2. Selecionar o separador “Página de Entrada (Login)”.
  3. Efetuar a autenticação usando as credencias da conta do Iscte (p. ex., xxnes@iscte-iul.pt e a respetiva palavra-passe).
  4. Aceder ao separador “Docência”.
  5. Clicar na hiperligação da “Unidade Curricular“.
  6. Selecionar a opção “Apreciação da Unidade Curricular”, na secção “Relatórios da Unidade Curricular“, no menu lateral esquerdo.

A informação deve ser preenchida em língua portuguesa e em língua inglesa.

A página de inserção da informação encontra-se dividida em 5 abas.

Satisfação

  • Os campos são numéricos (entre 0 e 5)
  • O preenchimento é obrigatório

Grau de concretização

O preenchimento é obrigatório.

O grau de concretização de cada proposta de ação de melhoria apresentada na análise SWOT realizada no ano lectivo anterior podendo ser indicado da seguinte forma:

  • Finalizada
  • Concretizada (a manter)
  • Concretizada (a desenvolver)
  • Não concretizada

Pontos fortes e fracos

O preenchimento é facultativo.

Identificação dos pontos fortes e dos aspectos a melhorar no funcionamento de alguns dos seguintes aspectos, tendo em conta a opinião e os contributos dos docentes e outras partes interessadas relevantes (e.g., empregadores):

  • Inovação pedagógica
  • Objetivos gerais do ciclo de estudos
  • Organização interna e mecanismos de garantia da qualidade
  • Recursos materiais e parcerias
  • Pessoal docente e não docente
  • Estudantes e ambientes de ensino/aprendizagem
  • Processos
  • Resultados

Acções de melhoria a implementar

O preenchimento é facultativo.

Podem ser criadas várias propostas de acções de melhoria. Em cada acção de melhoria devem ser preenchidos os seguintes campos:

  • Aspecto a melhorar
  • Proposta de melhoria
  • Prioridade
  • Indicador de implementação

O sistema permite o preenchimento da informação em língua portuguesa e em língua inglesa.

Cada registo deve ser inserido no sistema, apenas uma vez, indicando em cada campo a informação em português e em inglês, ou seja, não deve ser inserido duas vezes como forma de introduzir o texto em português e em inglês.

Por omissão, quando os campos de introdução da informação são disponibilizados, encontram-se na língua definida na área do Fénix. A seguir ao seu preenchimento, a introdução da informação em inglês, se se encontrar em português, é possível alterando a língua em cada campo de “PT” para “EN“.


A alteração da língua de cada campo é efectuada no canto superior do lado direito do campo (ver caixas vermelhas na figura a seguir). A alteração da lingua de cada campo não altera a língua definida na área do Fénix.


Após a escolha da opção en em cada campo, é possível introduzir o respectivo texto em inglês.


Por exemplo, na secção dos pontos fortes e pontos fracos (mostrada na figura), o preenchimento da informação em português e inglês pode ser efectuada da seguinte forma:

  1. preencher os campos “Pontos fortes” e “Pontos fracos” com a informação em português (PT);
  2. Para preencher os dois campos em inglês é necessário clicar (na seta virada para baixo) na opção de alteração da língua de cada campo que se encontra no canto superior direito do campo e escolher “EN“.
  3. Preencher ambos os campos com a informação em língua inglesa.
  4. Clicar no botão “Guardar“.

Por exemplo, introduzir o texto em inglês em registos que têm a informação apenas em português.

A informação que tenha sido inserida no sistema apenas numa das línguas pode ser alterada (editada) para introdução do texto na outra língua (não deve ser criado um novo registo na outra língua).

Esta alteração pode ser efectuada da seguinte forma caso tenha sido introduzida inicialmente informação apenas em português:

  1. Aceder à página com a informação em português.
  2. Em cada campo alterar a língua para “EN“.
  3. Preencher a informação em inglês.
  4. Clicar no botão “Guardar” .

Após a conclusão do preenchimento da apreciação da unidade curricular, esta deve ser marcada como “preenchida“.

A marcação da informação como preenchida é efectuada na caixa “Estado de preenchimento da informação“, no campo “Marcada como preenchida/não preenchida“.

Este procedimento permite consultar o estado de preenchimento de forma consistente para que possa ser publicada a versão final do RAC pelo gabinete de qualidade.


Após a marcação da informação como preenchida, deixa de ser possível modificá-la.

No entanto, enquanto o RAC não se encontrar no estado “Bloqueado“, é possível desmarcá-la, alterá-la e, a seguir, marcar novamente como preenchida.

A consulta da informação dos campos preenchidos, numa das duas línguas, sem alterar a língua definida na área do Fénix é possível, campo a campo, da seguinte forma:

  1. Aceder à página com a informação pretendida, numa das línguas, por exemplo, em português.
  2. Clicar em “Editar“.
  3. Alterar a língua do campo pretendido para “EN“.

No exemplo abaixo, o campo “Pontos fortes” mostra a informação introduzida em português. Para consultar a informação em inglês dos campos “Pontos fortes” e “Pontos fracos”, alterou-se a respectiva língua para “EN“.


A alteração da língua na área do Fénix é efectuada clicando nas bandeiras que se encontram no canto superior direito da área do Fénix, abaixo do botão “Sair“.

Fluxo de Estados do RAC

 

Os estados do RAC são alterados tendo em conta o seguinte:

  1. Rascunho – Estado em que a informação do RAC se encontra em preenchimento.
  2. Preenchido – Estado em que os campos de preenchimento obrigatório foram preenchidos e marcados como preenchidos.
  3. Bloqueado – Estado em que os campos de preenchimento obrigatório não podem ser alterados e os ficheiros .pdf para a versão final do RAC podem ser inseridos no sistema pelo gabinete de qualidade.
  4. Pendente – Estado em que o RAC pode ser publicado.
  5. Publicado – Estado em que passam a ser disponibilizados os ficheiros (.pdf) inseridos no sistema para consulta da versão oficial do RAC.

Visualizar RAC

Esta funcionalidade permite obter o relatório de autoavaliação de curso (RAC), por ano lectivo.

Enquanto o RAC não se encontrar no estado “publicado“, a contabilização dos dados é efectuada no momento em que é efectuado o pedido de visualização do RAC e, tendo em conta que os dados das matrículas/inscrições dos estudantes usados no RAC  se encontram em constante actualização, o RAC visualizado em cada momento pode ter informação diferente.

Este procedimento de consulta do RAC pode ser demorado pelo que deve aguardar pelo seu termo antes de repetir o pedido de consulta.

Após a publicação do RAC, pelo gabinete de qualidade, será disponibilizad a versão oficial deixando assim de ser necessário o processamento dos dados no momento da sua visualização.

Neste procedimento deixa de existir o tempo de espera do processamento dos dados uma vez que apenas é necessário fazer o download do(s) ficheiro(s) disponibilizado(s).