Skip to content Skip to main navigation Skip to footer

Glossário

Última atualização: 02/05/2022

Abrir uma sessão

Abrir uma sessão remotamente

Acordo de nível de serviço – ANS
(do inglês service level agreement – SLA)

Um acordo entre um fornecedor de serviços de TI e um cliente. O ANS descreve o serviço de TI, documenta metas de nível de serviço e especifica as responsabilidades do fornecedor de serviços de TI e do cliente. Um único ANS pode cobrir múltiplos serviços de TI ou múltiplos clientes.

Ver também: acordo de nível operacional.

Acordo de nível operacional – ANO
(do inglês operational level agreement – OLA)

Um acordo entre um fornecedor de serviços de TI e outra parte da mesma organização. Um ANO suporta o fornecimento de serviços de TI do fornecedor de serviços de TI aos seus clientes. O ANO define os produtos ou serviços a fornecer e as responsabilidades de ambas as partes. Por exemplo, pode haver um ANO entre o fornecedor de serviços de TI e o departamento de compras para obter hardware dentro de um prazo acordado; pode haver um ANO entre a central de serviços e um grupo de suporte para fornecer resoluções de incidentes dentro de um prazo acordado.

Ver também: acordo de nível de serviço.

Catálogo de Incidentes

O Catálogo de Incidentes de TI do Iscte encontra-se disponível no “Portal de Serviços dos SIIC”, acessível em https://iajuda.iscte-iul.pt/

 

Catálogo de Serviços
(do inglês service catalog)

Uma base de dados ou documento estruturado com informação sobre todos os serviços de TI em produção, incluindo aqueles disponíveis para implantação.

O Catálogo de Serviços de TI do Iscte encontra-se disponível no “Portal de Serviços dos SIIC”, acessível em https://iajuda.iscte-iul.pt/

Central de Serviços
(do inglês service desk)

O ponto único de contacto entre o fornecedor de serviços e os utilizadores. Uma central de serviços típica gere incidentes, pedidos de serviços e também a comunicação com os utilizadores.

Gestão de incidente
(do inglês incident management)

O processo responsável por gerir o ciclo de vida de todos os incidentes. O principal objetivo da gestão de incidentes é restabelecer o serviço de TI aos utilizadores o mais rápido possível.

A gestão de incidentes (registo, acompanhamento, resolução e avaliação) é efetuada no “Portal de Serviços dos SIIC” acessível em https://iajuda.iscte-iul.pt/

Incidente
(do inglês incident

Uma interrupção não planeada de um serviço de TI ou uma redução da qualidade de um serviço de TI. Uma falha de um item de configuração que ainda não tenha tido impacte num serviço de TI é também um incidente. Por exemplo: A falha de um disco rígido de um conjunto de discos em espelho.

Indisponibilidade
(do inglês downtime)

O tempo durante o qual um item de configuração ou um serviço de TI não está disponível durante o tempo de serviço acordado. A disponibilidade de um serviço de TI é normalmente calculada a partir do tempo de serviço acordado e da sua indisponibilidade.

Iniciar uma sessão
(do inglês
log in to
log on to
sign in to
sign on to)

Processo de aceder a um sistema informático, habitualmente pela introdução da identificação do utilizador e de uma palavra-passe.

Nota: O processo cria uma sessão de trabalho na máquina destino, eventualmente com limitações nas ações do utilizador impostas pelo software de sistema no momento da entrada.

Ver também: terminar uma sessão

Iniciar uma sessão remotamente
(do inglês
remote login)

Capacidade de aceder a um sistema informático, para iniciar uma sessão, num local físico diferente do do sistema.

Ver também: iniciar uma sessão

Insensível a maiúsculas e minúsculas
(do inglês
case insensitive
non case-sensitive)

Respeitante a todo o programa que não faz uma distinção entre as letras maiúsculas e minúsculas, e que portanto trata da mesma maneira os dados ou os comandos quer venham com maiúsculas quer com minúsculas.

Ver também: sensível a maiúsculas e minúsculas

Melhor prática
(do inglês Best pratice)

As atividades ou os processos que comprovadamente obtiveram sucesso quando usados em várias organizações. O ITIL é um exemplo de melhor prática.

Mensagens Instantâneas
(do inglês Instant Messaging)

As mensagens instantâneas (MI) são um tipo de comunicação baseada em texto na qual duas ou mais pessoas participam numa conversação em tempo real através dos computadores ou dispositivos móveis.

Pedido de serviço
(do inglês service request)

Um pedido de informação, aconselhamento, uma alteração padrão ou acesso a um serviço de TI por parte de um utilizador. Por exemplo, para reinicializar uma palavra-passe ou para ser fornecido um conjunto de serviços de TI padronizado a um novo utilizador.

Os pedidos de serviço são geralmente tratados pela central de serviços e não requerem a abertura de um pedido de alteração (PDA). Ver satisfação de pedidos.

O pedidos de serviços de TI do Iscte devem ser registados no “Portal de Serviços dos SIIC” acessível em https://iajuda.iscte-iul.pt/

Ver aqui como solicitar um pedido de serviço no “Portal de Serviços dos SIIC”.

Ver também: Catálogo de serviços

RCTS

A Rede Ciência, Tecnologia e Sociedade (RCTS) é a infraestrutura digital de Conectividade e Computação, direcionada para a comunidade de Investigação e Ensino.

RCTSaai

A RCTSaai está integrada na federação de identidade RCTS e permite a utilização de uma chave única para aceder a todos os serviços RCTSaai.

Registo de incidente
(do inglês incident record)

Um registo contendo os pormenores de um incidente. Cada registo de incidente documenta o ciclo de vida de um único incidente.

Ver também: Incidente    Catálogo de incidentes

Satisfação de Pedidos
(do inglês request fulfilment

O processo responsável por gerir o ciclo de vida de todos os pedidos de serviço.

Os pedidos de serviço de TI do Iscte são geridos no “Portal de Serviços dos SIIC” acessível em https://iajuda.iscte-iul.pt/

Sensível a maiúsculas e minúsculas
(do inglês case-sensitive)

Respeitante a todo o programa que faz uma distinção entre as letras maiúsculas e minúsculas, e que portanto não trata da mesma maneira os dados ou os comandos que venham com maiúsculas e os que venham com minúsculas.

Ver também: Insensível a maiúsculas e minúsculas

Serviço
(do inglês
service)

(1) Resposta a uma necessidade ou a um objetivo de uma organização através de um conjunto de elementos que pode incluir software, hardware, instalações, pessoal e processos de gestão.

(2) Organização que presta um serviço no sentido acima descrito.

Serviço de apoio
(do inglês
help desk)

Serviço de assistência criado para responder a questões relacionadas com a instalação, o uso de produtos ou os problemas neles detetados.

Nota: Muitas vezes os serviços de apoio destinam-se a clientes de tecnologias da informação.

Ver também: Núcleo de Apoio ao Utilizador, Equipa de Apoio Técnico e Informático aos Espaços Comuns, central de serviços

Serviço de TI
(do inglês
IT service
non case-sensitive)

Um serviço fornecido a um ou mais clientes por um fornecedor de serviços de TI. Um serviço de TI baseia-se na utilização de tecnologias da informação e apoia os processos de negócio de clientes. Um serviço de TI é composto por uma combinação de pessoas, processos e tecnologias que devem ser definidas através de um acordo de nível de serviço.

TI
(do inglês IT

Ver tecnologia da informação.

TIC
(do inglês ICT)

Ver tecnologia da informação e comunicação.

Tecnologia da informação.
(do inglês
information technology)

Tecnologias necessárias para o processamento da informação ou, mais especificamente, a utilização de hardware e software para converter, armazenar, proteger, tratar, transmitir e recuperar a informação, a partir de qualquer lugar e em qualquer momento.

Nota: Embora nesta definição esteja incluída a componente de comunicação da informação, os desenvolvimentos atuais do multimédia e das telecomunicações, designadamente as redes de computadores e em especial a Internet, levaram à adoção generalizada do termo “tecnologias da informação e comunicação”.

Ver também: Tecnologia da informação e comunicação

Tecnologia da informação e comunicação
(do inglês
information and communication technology)

Integração de métodos, processos de produção, hardware e software, com o objetivo de proporcionar a recolha, o processamento, a disseminação, a visualização e a utilização de informação, no interesse dos seus utilizadores.

Ver também: Tecnologia da informação

Teletrabalho
(do inglês
teleworking
e-working
electronic working)

Trabalho efetuado usando a infraestrutura da informação e comunicação, num local diferente daquele onde os resultados desse trabalho são necessários.

Nota: Esta definição abrange os teletrabalhadores, em casa ou deslocando-se, e as empresas de telesserviço que oferecem serviços específicos a outras empresas e a particulares.

Ver também: Infraestrutura da informação e comunicação, telesserviço.

Teleserviço
(do inglês teleservice)

Serviço que é fornecido de uma localização remota usando a infraestrutura da informação e comunicação.

Exemplos: O serviço de mensagem vocal, o correio eletrónico, a telecópia (fax) e a videoconferência.

Ver também: Infraestrutura da informação e comunicação.

tempo (de espera) excedido
(do inglês
timeout)

Acontecimento que surge após o esgotamento do intervalo de tempo previamente definido para a execução de uma operação.

Terminar uma sessão
(do inglês
log off to
log out to
sign off) to
sign out to

Processo de finalizar uma sessão de trabalho num sistema informático por remoção das credenciais do utilizador

Ver também: iniciar uma sessão

Turno

Um turno é um conjunto de aulas de determinado tipo (laboratorial, teórica, teórico-prática, etc.) que ocorrem durante o período lectivo de uma unidade curricular.

Unidade de competência

Denominação utilizada quando uma unidade de ensino é criada no sistema Fénix, ancorada numa área científica e sem integrar, ainda, qualquer plano curricular de um curso. Quando é associada a um plano curricular de um curso toma a designação de unidade curricular.

Unidade de curricular

Segundo o DL n.º 74/2006, é uma unidade de ensino com objectivos de formação próprios que é objecto de inscrição administrativa e de avaliação traduzida numa classificação final.

Unidade de execução
(do inglês
information technology)

Refere-se à execução de uma unidade curricular num determinado período lectivo, quando associada a um plano curricular de um curso. Por exemplo, a unidade curricular Introdução à Informática, no 1.º semestre, do 1.º ano curricular da Licenciatura em Engenharia de Telecomunicações e Informática, do ano lectivo 2012/2013.

Urgência
(do inglês
urgency)

É uma avaliação da rapidez com a qual é necessário resolver um incidente, problema ou alteração de forma a minorar o seu impacte no negócio. Por exemplo, um incidente de impacte elevado pode ser classificado com uma urgência baixa se não vier a afetar o negócio a médio ou longo prazo. Impacte e urgência são usados para calcular a prioridade.

Utilizador
(do inglês
user)

Uma pessoa que usa o serviço de TI no seu dia-a-dia. Os utilizadores são diferentes dos clientes, pois alguns clientes não usam o serviço de TI diretamente.